Paradigmas do Tratamento da Gagueira

por Simon Wajntraub

Avaliação: 4.6/5 estrelas (56 votos) | Lido 2764 vezes

Gagueira tem Cura!

Paradigmas do Tratamento da Gagueira

Estou mais uma vez perplexo de como os profissionais da fonoaudiologia, que adoram ficar com os olhos vendados, os ouvidos tapados, e só abrindo a boca para inventar histórias sobre os concorrentes mais fortes.

Na Internet foram formados alguns grupos de pessoas portadores do problema da gagueira, que, além de se comunicarem pelo MSN, têm um mediador que dirige cada grupo. Tenho que dar parabéns para o mediador, pois um dos participantes ultrapassou o limite da inveja e fez um comentário antissemita, dizendo que um dos meus defeitos era eu ser judeu. O mediador fez um comentário brilhante, defendendo o povo judeu que era um povo sofrido que merecia respeito, este grupo é do Yahoo gagueira.

Eles também se reúnem mensalmente para assistirem a algumas palestras de profissionais afins e principalmente que atuam na fonoaudiologia.

Estes profissionais se intitulam especialistas em disfemia (gagueira), mas nada de novo é acrescentado na metodologia das terapias tradicionais.

Quando alguma pessoa que está presente na plateia e que teve algum contato temporário com o meu método faz algum comentário a respeito, elogiando o resultado obtido, lá vem o pessoal da velha guarda inventando um monte de inverdades a meu respeito: "ele não cursou a faculdade", "ele não está inscrito no conselho" (o meu número de inscrição 3813), "ele não pode exercer a profissão", etc.

Mas a pessoa que teve acesso ao meu método, quando insiste em explicar à plateia como funciona, a palestrante faz uma pressão enorme para que se cale. Aconteceu isso numa reunião da ABRAGAGUEIRA, em São Paulo – o rapaz praticamente foi expulso do grupo porque insistiu em divulgar o meu método sem a minha interferência, quando ele interrompeu a palestra comentando que o único método para curar a gagueira que ele conhece é o do Simon Wajntraub, todos largaram a palestrante falando sozinho e ficaram indagando qual o processo que utilizo; a fonoaudióloga chegou a encerrar a palestra antecipadamente. Após isso, ele recebeu um e-mail da mediadora proibindo-o de frequentar as reuniões.

Nestes grupos na Internet, tem pessoas me apoiando, outros contra, sendo que os contras comentam a respeito da parte administrativa do curso completo, mas mal sabem eles dos benefícios adquiridos, tanto culturalmente como comercial e socialmente.

No decorrer das aulas de oratória em grupo, ocorrem debates, palestras, dinâmica de grupo, argumentação sob pressão, pessoas trocando informações e negócios. Também tem o grupo de canto, que exercita com o DVD-okê.

Profissionais liberais, diretores de grandes empresas, empresários, aproveitam o potencial profissional dos colegas do curso, estimulando-os, dando vagas em estágios e até empregos definitivos, ou recolocando-os em posições profissionais melhores.

Nas aulas de grupo de oratória são servidos lanches e jantares, ocorrem os eventos sociais que são as festas da Família Wajntraub, dos quais os alunos são convidados para participarem. Nestes eventos tem a turma da música, da dança de salão e da confraternização, procurando estimular a pessoa em todas as áreas, com o objetivo de a pessoa se soltar socialmente.

Todos que participam do curso completo entram no sistema do clube, onde, após o término da carga horária, prosseguem no curso sem despesas adicionais, tendo liberdade de reciclar a vontade, ensaiando, palestras, apresentações, prova oral, teses, monografias, etc.

Estes sistema do clube é fantástico, porque vou acompanhando o lado emocional do paciente constantemente, estimulando para enfrentar os percalços da vida sem ficarem abalados emocionalmente.

Alguns, no decorrer do tratamento, perderam parentes próximos e ficaram deprimidos, aí fico estimulando-os para enfrentar os problemas sem ficarem abalados.

Hoje, a pessoa, além das aulas presencias em São Paulo, Campinas, Brasília e Rio de Janeiro, pode participar à distância do tratamento nas três aulas de oratória em Copacabana pela Internet e com consultas individuais através do MSN, Skype e Videoconferência.

É muito interessante para os jovens definir a carreira profissional através das palestras de uma variedade enorme de profissionais que frequentam o curso.

Agora, recentemente, encontrei um paciente de Campos, e que, aos 14 anos, fez o tratamento e hoje, com 22 anos, está com a fala bem firme.

Aqui, além do texto onde explico tudo sobre o tema gagueira, apresento também vídeos de pessoas que obtiveram sucesso com o meu método, como, por exemplo, o programa Documento Especial, onde apareço curando um paciente gago.

Eu sempre procuro orientar tanto os leigos, quanto os profissionais da área, no que tange ao aprendizado do meu método, inclusive no material completo dos CD’S com apostila, o livro com o CD, e o DVD. Além das orientações didáticas, tem sete horas de exercícios práticos de dicção, impostação da voz e oratória.

Eu quero enfatizar que não existe nada semelhante: um profissional liberal que expõe o seu método publicamente; várias pessoas com essas dicas conseguiram resolver os seus problemas de voz e de fala sem ter contato direto comigo e alguns fonoaudiólogos com uma visão futurista passaram a utilizar o meu método.

Consultas e Atendimentos sobre Gagueira

O Fonoaudiólogo Simon Wajntraub é a maior referência do Brasil em cura da gagueira.

As consultas podem ser marcadas por telefone – não há a necessidade de se dirigir ao local de atendimento para marcá-las – e podem ser realizadas, pessoalmente, nas cidades de São Paulo, Brasília, Campinas ou Rio de Janeiro (em Copacabana ou na Barra da Tijuca), ou pela Internet. Todos os atendimentos devem ser marcados com antecedência.