Gagueira Tem Cura

por Simon Wajntraub

Avaliação: 4.6/5 estrelas (77 votos) | Lido 3838 vezes

Gagueira tem Tratamento e tem Cura

Gagueira Tem Cura

O Fonoaudiólogo e Professor de Oratória Simon Wajntraub assistiu perplexo à matéria do programa Fantástico feita pelo repórter Maurício Kubrusly, sobre o "Encontro Brasileiro de Pessoas que Gaguejam", que aconteceu no Rio de Janeiro.

Embora a reportagem tivesse a intenção de divulgar o encontro de pessoas com gagueira, que foi chamado pelo apresentador do programa de "inusitado", foram feitas nela afirmações, no mínimo, questionáveis.

As afirmações mais questionáveis partiram da presidente da Associação Brasileira de Gagueira (Abragagueira), Daniela Zackiewicz. Ela afirmou categoricamente que "Gagueira é genética" – ora, não há ainda, na literatura médica especializada, conclusões definitivas sobre as causas da gagueira, mesmo depois de incontáveis estudos e levantamentos de estatísticas. E prosseguiu asseverando: “Na infância, ainda é possível curar a gagueira com uma intervenção precoce. Na idade adulta, não” – ora, isso contradiz o próprio slogan da abragagueira: "Gagueira não tem graça, tem tratamento".

Há um forte dissenso acerca das expressões "cura" e "tratamento" quando o tema é gagueira. Se há tratamento, o que impede o alcance da cura? Basta pensar: se a pessoa apresenta um certo grau de severidade de gagueira, e, por meio de determinado tratamento, ela evolui para um quadro menos severo de gagueira, o que a impede de continuar evoluindo – é óbvio que quando a gagueira decorre de alguma lesão cerebral, essa evolução fica limitada às possibilidades dessa condição especial; mas quando a gagueira tem sua gênese em fatores ambientais (como em casos em que a pessoa não era gaga e, de repente, inicia um quadro de gagueira), o que impede o tratamento de atingir a cura?

Já em 1976, no mesmo programa, o Fantástico, em entrevista que deu, o Fonoaudiólogo Simon Wajntraub apresentou inúmeros casos de cura completa da gagueira. Em 2001, no Programa do Jô, apresentou muitos outros casos. Gagueira tem cura!

Tratamento e Cura da Gagueira

O Fonoaudiólogo Simon Wajntraub discorda da presidente da Abragagueira, que afirma que gagueira não tem cura – e isso parece ser a filosofia desta associação, que sempre parece pregar o conformismo da pessoa com o seu distúrbio da fala (ao contrário do slogan, que diz: "gagueira tem tratamento"). Gagueira tem cura, sim!

Há mais de quarenta anos trabalhando no tratamento e cura da gagueira – desde quando iniciou sua pesquisa em Fonoaudiologia, a partir de 1968 –, sabendo da dificuldade em se descobrir uma causa específica para a gagueira, o Fonoaudiólogo Simon Wajntraub deixou a investigação das causas de lado para se dedicar ao tratamento dos efeitos da gagueira.

Nada melhor para o paciente: ele já é gago, já adquiriu a gagueira, provavelmente convive com suas causas diuturnamente, provavelmente continuará convivendo com as causas. Afastar-se das causas não é mais importante do que superá-las.

É isso o que torna o Método do Instituto de Oratória e Fonoaudiologia Simon Wajntraub bem sucedido: o paciente aprende a superar a gagueira e suas causas, quaisquer que sejam elas, pois é submetido a todas as situações críticas que lhe fazem ou que lhe possam fazer gaguejar, sendo levado a superá-las para que, quando ocorram novamente, não lhe tragam de volta a gagueira.

Antes disso, o paciente passa por um teste, pelo qual o Fonoaudiólogo Simon Wajntraub aplica uma técnica, por ele desenvolvida, de mascaramento auditivo que faz com que a pessoa não ouça o som da própria voz enquanto fala (veja exemplos desta experiência nos vídeos acima). Com isso, a pessoa deixa de gaguejar, e nesse momento o Fonoaudiólogo Simon Wajntraub intervém, e tudo isso é gravado em vídeo para que o paciente constate que, naquele momento, deixou de gaguejar.

A voz que a pessoa emite durante a experiência será a frequência que o Fonoaudiólogo dará com que o paciente passe a utilizar, buscando um comando na área da fala que não tem bloqueios, e, com isso, o sistema limbico no cérebro que controla as nossas emoções passa a fluir livremente.

A partir daí, o Fonoaudiólogo Simon Wajntraub faz com que o paciente assimile a condição que o fez deixar de gaguejar, sem que ele precise se utilizar de qualquer artifício.

E, como dito, ao invés de ficarem confinados com o profissional num consultório (um ambiente artificial, que não condiz com o que a pessoa enfrenta no dia a dia), os pacientes e alunos do Fononaudiólogo Simon Wajntraub passam por aulas de oratória e argumentação sob pressão, onde são expostos a todas as situações de pressão e estresse, para que aprendam a superá-las e vençam as causas de sua gagueira, sejam elas quais forem. Gagueira tem cura!

Depoimento de um Ex-Gago

Caro Simon,
Fui seu aluno há 20 anos. Eu era gago, você me curou em 6 meses e até hoje estou muito bem.
Gostaria de agradecer o que fez por mim. Foi decisivo na minha vida não mais gaguejar, ter boa dicção e oratória.
Sou engenheiro mecânico e no meu trabalho tenho que dar cursos para salas com mais de 20 técnicos, e isso hoje em dia faço sem problemas. Hoje faço viagens internacionais, falo inglês fluente. Antes da sua orientação não conseguia desenvolver no curso de inglês. Só agora consegui entrar em contato com você através do e-mail que você forneceu no programa do Jô Soares.
Achei uma falta de sensibilidade do Jô te dar tão pouco tempo para falar sobre um problema tão sério quanto a fala. Para mim é um problema muito sério. Só quem é ou era gago, sabe dos problemas e a inferioridade desde problema. Eu era humilhado, gozado, não conseguia pedir uma coca e pão de queijo na lanchonete da faculdade, então para facilitar pedia uma fanta e um salgado, porque para mim saia mais fáceis as palavras com F e S.
Para namorar era um grande problema.
No trabalho era um stress constante falar no telefone.
Depois do seu treinamento, a minha vida mudou completamente.
Sou casado com uma mulher maravilhosa, tenho 2 filhos e a minha fala está ÓTIMA.
Simon, muito obrigado.
Belo Horizonte,
William Guimarães Nogueira.

Consultas e Atendimentos sobre Gagueira

O Fonoaudiólogo Simon Wajntraub é a maior referência do Brasil em cura da gagueira.

As consultas podem ser marcadas por telefone – não há a necessidade de se dirigir ao local de atendimento para marcá-las – e podem ser realizadas, pessoalmente, nas cidades de São Paulo, Brasília, Campinas ou Rio de Janeiro (em Copacabana ou na Barra da Tijuca), ou pela Internet. Todos os atendimentos devem ser marcados com antecedência.